"Árduo amor", de Paulo Leminski.


(Foto retirada do UOL Entretenimento)


Eu sei lá porquê eu fui me meter a traduzir isso. Mas me meti. Obviamente, manter o intrincado jogo de palavras do original... O que me levou, por exemplo, a mudar o sentido da pergunta final, tendo em vista o trocadilho mist - missed que tentei reproduzir com esse "é? Leva" remetendo a "névoa".

Ou eu me esqueci de algo?

Ah, o título... Bem. Sei que Hard feelings não tem uma tradução exata pra português; mas, de todo modo, meu objetivo com esse "Árduo amor" foi mais pra ajudar o próprio poema em si, aumentando o ringir de R's que a tradução precisa pra ser assim mesmo, hard. Hardical.


ÁRDUO AMOR.

   Alto mar,
amor, amor,
   barcos, barcos,
e o amor que abarco,
   nadar, nadar
pela neblina
   e a névoa peregrina.

   O que é o que é? Leva
tudo quem souber.

§

HARD FEELINGS.

   Oceans,
emotions,
   ships, ships,
and other relationships.
   keep us going
through the fog
   and wandering mist.

   What is it
that I missed?

Comentários

  1. Bem interessante: instigou mais uma, de impromptu:

    RESSENTIMENSOS

    Oceanos, sons,
    emoções,
    navios, navios,
    relações e outros atavios
    nos mantêm avante
    através das névoas
    extravagantes.

    Que era aquilo
    que esteve adiante?

    vb:ijs
    ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom, Ivan! O título ficou fenomenal... Sim, é isso mesmo. Ressentimensos. Obrigado pela visita!

      Excluir
  2. Eu que agradeço, Matheus -- conforme você vai notar, o terror mal começou... Até mais!

    ResponderExcluir

Postar um comentário