Octavio Paz (1914 - 1998).



Um poeta completo. O escritor absoluto (aqui). Não tivemos muitos desse calibre no Brasil... Tivemos bons poetas, bons verse-makers, diria Mário Faustino. Mas gente que deu a cara à tapa, que batalhou pela poesia em todas as frentes... Poucos. Um Manuel Bandeira, os irmãos Campos, o próprio Faustino.

Haroldo tem uma ótima tradução do Blanco de Paz (com todas as dificuldades e coragens de se traduzir espanhol-português [aqui]), o grande poema que logra o milagre, a recriação universal de transformar o tempo em espaço. Transblanco. Sempre releio com carinho a publicação. Sempre releio com fervor, com êxtase, O Arco e a Lira. Os Signos em Rotação. Seus poemas esparsos, onde o poeta sempre pensou profundamente o cerne da palavra poética com uma preponderância que, sem necessariamente cair nas raias da metalinguística, alçou seu fanal de totalidade e lucidez. Octavio Paz leitor de Mallarmé, Bashô, Huidobro e da aurora da vanguarda concretista.

Necessitamos de mais pessoas como você, Octavio. Sigamos seu exemplo. Feliz centenário.


Imóvel sobre a luz, porém dançante,
teu movimento cria a calmaria
no cimo da vertigem e se alia
detendo não o vento, mas o instante.

Luz que não se derrama, diamante,
detendo o esplendor do meio-dia,
sol que não se consome nem se esfria
de cinzas e de fogo equidistante.

Espada, chama, incêndio cinzelado
que minha sede não aviva ou mata,
absorta luz, luzeiro ensimesmado:

teu corpo de si mesmo se desata
e despenca e dispersa-te a brancura
e volves a ser água e terra escura.

§

Inmóvil en la luz, pero danzante,
tu movimiento a la quietud se cría
en la cima del vértigo se alía
deteniendo, no al vuelo, sí al instante.

Luz que no se derrama, ya diamante,
detenido esplendor del mediodía,
sol que no se consume ni se enfría
de cenizas y fuego equidistante.

Espada, llama, incendio cincelado,
que ni mi sed aviva ni la mata,
absorta luz, lucero ensimismado:

tu cuerpo de sí mismo se desata
y cae y se dispersa tu blancura
y vuelves a ser agua y tierra oscura.

Comentários